Terça-feira , 17 Setembro 2019
Home / Política / Mais com menos

Mais com menos

Um governo criativo, técnico e com planejamento é a aposta da prefeita eleita de Vargem Milena Becher.

milena-becher
Milena Becher

A nova realidade exige prefeitos mais criativos numa gestão transparente e bem planejada. A queda na receita dos municípios e a redução dos repasses pelos governos federal e estadual, apresenta um cenário desfavorável e cria uma série de desafios para os futuros prefeitos.

“Fazer mais com menos”, foi a frase utilizada pela prefeita eleita de Vargem Milena Becher, resumindo sua intenção de investir no município de forma criativa e planejada, mesmo com a redução da arrecadação municipal.

A estratégia já inicia pela formação da equipe de governo, que será aos poucos, começando pelos setores essenciais, como saúde e educação.
“Nós já tivemos um pouco de dificuldade este ano, porque a barragem parou, então nós vamos ter que ver realmente as condições financeiras para fazer essas nomeações. As áreas prioritárias como saúde e educação com certeza estarão funcionando. Em todas as secretarias sempre haverá alguém de referência”.

Todas as secretarias serão mantidas, afirmou Milena Becher, mas a máquina será enxugada, atendendo à nova realidade financeira do município, observou a prefeita eleita.

“A máquina vai ser enxugada, não tem como manter nesta época de crise. Vai ser um mandato de criatividade, fazer mais com menos. Utilizar o recurso de forma correta e responsável. Baixou a arrecadação, as pessoas tem menos poder de compra o que gera automaticamente menos impostos. A fatia que a União fica é muito desproporcional e a sobrecarga de responsabilidade tanto do Estado, quanto do Governo Federal, recai sobre o município. Eu vejo que é um desafio, os municípios conseguirem se manter e espero que seja revista a questão da divisão de recursos entre municípios, estados e União”, declarou.

O município de Vargem mantém hoje as Secretarias de Educação, Obras, Agricultura, Assistência Social, Administração e de Saúde.
Não fugindo aos critérios políticos, Milena também não pretende abrir mão dos critérios técnicos, ao nomear sua equipe de governo. Uma conversa está sendo mantida com os colaboradores da prefeitura de Vargem, a fim de conhecer a realidade do município e a partir daí, elaborar um diagnóstico que deve basear seu início de gestão.

“Nós estamos num período de transição, conversamos já com várias pessoas, estou conversando com todos os colaboradores da prefeitura, efetivos e contratados. Com esta conversa será possível conhecer as dificuldades e o que está dando certo no município. A partir daí a gente vai fazer um diagnóstico e ver quem tem o perfil mesmo de gestão. Logicamente não vou deixar de olhar o lado político, porque nós temos a política que envolve todo o processo administrativo público, mas a prioridade é técnica, as pessoas da área mesmo compondo a pasta a que lhe confere a profissão”, afirmou a prefeita eleita.

Milena Becher ressaltou que não deve haver preocupação dos colaboradores, pois não trabalha com a chamada “política de perseguição”. “Quem quiser trabalhar será bem vindo, nós vamos estimular, motivar as pessoas para realmente produzirem mais”.

A transição ocorre de maneira tranquila em Vargem. Segundo Milena Becher, o prefeito Nelson Gasperin Junior (Peixe), abriu as portas da prefeitura e tem dado o suporte necessário e de uma maneira transparente.

Entre os principais desafios e demandas citados pela prefeita eleita, estão manutenção da grande extensão de estradas no meio rural, condições adequadas para manter esta população no campo, produzindo e agregando renda, além da geração de mais empregos no meio urbano.

Milena Andersen Lopes Becher (PR), é a primeira mulher eleita prefeita em Vargem e foi aprovada nas urnas por 1.616 eleitores. Eleita pela coligação “Vargem, o povo tem voz e vez”, dos partidos PR e PT, tem como vice Santelmo Rodrigues da Silva (PT).

*Reportagem publicada no jornal “O Celeiro”, Edição 1457 de 01 de Dezembro de 2016.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *