Terça-feira , 17 Setembro 2019
Home / Segurança / Operação Veraneio 2016/2017 envolve mais de oito mil profissionais em SC

Operação Veraneio 2016/2017 envolve mais de oito mil profissionais em SC

Monitoramento integrado ocorre em praias, balneários e estâncias hidrominerais.

A ação que iniciou na quinta-feira, 22 de dezembro e segue até o dia 6 de março de 2017, será a maior operação integrada de Segurança Pública do Estado de Santa Catarina, com mais de 8 mil profissionais mobilizados, que estão atuando no Litoral e no interior do Estado, atendendo às praias, balneários e estâncias hidrominerais.

O vice-governador Eduardo Pinho Moreira, lembrou que o estado de Santa Catarina foi referência de melhor destino turístico por oito anos. “Além das nossas belezas naturais também faz toda a diferença a qualidade dos serviços que oferecemos num conjunto de ações de todos os setores. Notadamente no atendimento rápido às demandas na área de Saúde, Segurança Pública, e Infraestrutura, como abastecimento de água e energia elétrica”, enfatizou.

Do efetivo, para o qual foram engajadas todas as forças de segurança, estão: Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Instituto Geral de Perícias e Detran. A Operação também conta com o constante apoio da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), das delegacias especializadas, da Academia de Polícia Civil (Acadepol) e da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil.

O Corpo de Bombeiros mobilizou um efetivo de 1.339 guarda-vidas civis e 188 guarda-vidas militares, espalhados em mais de 312 postos de observação no Litoral e no Interior. Serão monitorados mais de 455 quilômetros de extensão divididos em 157 praias, além de 35 balneários e 17 estâncias hidrominerais.

Na Polícia Civil, foram mobilizados policiais convocados e lotados, que atuarão em 36 municípios, entre cidades litorâneas e de águas termais. Destas, 26 terão reforço policial. O Serviço Aeropolicial da Polícia Civil também está mobilizado. Os policiais que estão concluindo o curso de formação irão reforçar os trabalhos no litoral.

A SSP prevê um gasto superior a R$ 26 milhões com a operação, valor investido na última temporada. Além do efetivo, nesta temporada serão utilizados 1,7 mil viaturas, 250 motocicletas, 120 embarcações, 50 quadriciclos, 43 motonáuticas, 30 bases móveis, 07 helicópteros e 03 aviões.

O Secretário de Estado da Segurança, Cesar Grubba, citou como destaque especial para esta edição 2016-2017, os 1.299 novos profissionais recentemente formados nas carreiras da Segurança Pública (policiais militares, policiais civis e técnicos do IGP), os quais seguirão para sedes de operação veraneio antes de designação para suas lotações iniciais.

A Operação Veraneio consiste no planejamento e execução de serviços de atendimento aos catarinenses e aos turistas que visitam o estado na alta temporada. Santa Catarina.

A expectativa para este ano é de um aumento de 30% no número de turistas no Estado.

Para Grubba, a temporada passada foi positiva, pois o estado não teve crimes de grande repercussão e os casos de roubos e furtos registrados ficaram dentro da normalidade. Ainda segundo o secretário, a ideia é repetir o sucesso da operação anterior. “Tudo isso se deve à união das forças e ao reforço que recebemos na Operação Veraneio”, disse.

Para a operação ainda está prevista a inovação com o E-193 Mobile. O sistema permite a inserção de ocorrências diretamente pelo celular do guarda vidas, trazendo informações instantâneas para uma melhor gestão.

*Reportagem publicada no jornal “O Celeiro”, Edição 1461 de 29 de Dezembro de 2016.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *