Quarta-feira , 22 Maio 2019
Home / Cotidiano / Pinturas de alunos autistas da AMA de Campos Novos são expostas na Alesc

Pinturas de alunos autistas da AMA de Campos Novos são expostas na Alesc

Está aberta para visitação, no Espaço Didático Cultural da Assembleia Legislativa, a exposição “Além do Olhar”, uma iniciativa da Associação de Pais e Amigos dos Autistas (AMA) de Campos Novos. A mostra traz 13 pinturas desenvolvidas por alunos da instituição.

Entre as obras, animais e desenhos abstratos, todos pintados por usuários autistas com idades entre 14 e 25 anos. De acordo com a diretora e fundadora da AMA, Vera Ottonelli Durli, a instituição ministra semanalmente um projeto de arteterapia, com o objetivo de ajudar os alunos a se expressarem.

“Nós temos n exemplos de evolução, meninos extremamente agressivos que não conseguem muitas vezes ter um convívio social e que, com a arteterapia, acabam direcionando todos os seus sentimentos, tudo o que querem colocar pra fora de si e às vezes não cosneguem por não ter uma linguagem verbal, acabam expressando, então, através dos traços, através da pintura, do desenho que ele escolhe e se transforma nessas obras maravilhosas”, destaca Vera.

A diretora conta ainda que o projeto envolve toda a comunidade, já que conta com voluntariado para ministrar as aulas, além de doações para a compra de materiais e acessórios.

A aerterapeuta Patrícia Winck, convidada a participar da inauguração da exposição, explica que a arteterapia propicia que o autista expresse como percebe o mundo através da emoção, um desabafo ou uma denúncia.

“Temos toda uma  forma de criar o vínculo, de abordagem, de cuidado, de como expor os materiais e isso é importante na resposta que a criança, ou a pessoa com autismo devolve na sua expressividade, com a sua liberdade e essência. É uma forma de eles se expressarem, é uma comunicação genuína”, afirma Patrícia, que é especializada em arteterapia para autistas.

A exposição fica aberta para visitação até o dia 19 de abril no Espaço Didático Cultural, no primeiro andar do Palácio Barriga Verde.

*Com a colaboração de Carolina Lopes/Agência AL

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *