Sábado , 24 Agosto 2019
Home / Região / 2º Rodeio Artístico Nacional de Abdon Batista e 7º Celeiro da Poesia supera expectativa de inscrições

2º Rodeio Artístico Nacional de Abdon Batista e 7º Celeiro da Poesia supera expectativa de inscrições

Mais de 500 apresentações acontecerão em dois dias de festa divididas em 6 palcos. Evento será dias 8 e 9 de junho

Abdon Batista mostrou seu valor na 1ª Edição do Rodeio Nacional Artístico e no Celeiro da Poesia com uma hospitalidade e organização que fez com que em 2019 batesse todas as expectativas de inscritos que querem fazer parte desta festa de arte gaúcha, comungando sua alegria e tradicionalismo.

O 2º Rodeio Artístico Nacional de Abdon Batista e 7º Celeiro da Poesia, é um projeto aprovado Pela Lei de Incentivo à Cultura com Realização do Governo Federal com Produção do Instituto Humaniza, Patrocínio da ENERCAN – Campos Novos Energia S/A e Prefeitura de Abdon Batista e Apoio do Conjunto Folclórico Flor de Ipê, Estancia Virtual, Livraria Martins Livreiro, Fênix Fotografias entre outros apoiadores.

“Estamos preocupados em oferecer o melhor para nossos amigos visitantes, seja em estrutura física, alojamentos, pontualidade na programação e condições para que todos se sintam abraçados por Abdon Batista”, enfatiza o prefeito Lucimar Antônio Salmória, que comemora o sucesso do evento.

Giovani Primieri, idealizador e coordenador geral do Rodeio Artístico e Celeiro da Poesia, conta que as equipes avaliativas, diretores de palco, apresentadores e assistentes foram escolhidos com base em seus currículos tradicionalistas e todos de renome no meio e que terão novidades este ano como os concursos de trova, violão e troféu destaque para as 4 melhores danças do Rodeio Artístico.

Na Praça de Alimentação do evento haverá uma representação de um antigo Bolicho onde serão comercializados produtos locais como cachacinhas artesanais, salame, frutos da época, torresmo, pé de moleque e tantos outros quitutes da época, valorizando a agricultura familiar que também fará uma feirinha para vender produtos como pão caseiro, cucas, temperos, hortifrútis e demais produtos que as invernadas em vez de trazer nos ônibus poderão comprar no local mesmo.

O artesanato gaúcho também terá lugar especial em Abdon Batista, e será disponibilizado nos próximos dias um Edital de Fomento ao Artesanato que definirá quem serão os artesãos que poderão expor seus produtos para apreciação e venda.

*Reportagem publicada no jornal “O Celeiro”, Edição 1577 de 09 de Maio de 2019.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *