Sábado , 24 Agosto 2019
Home / Cotidiano / Custos com a Expocampos aumentam, mas retorno compensa

Custos com a Expocampos aumentam, mas retorno compensa

Zancanaro afirma que o evento traz vantagens diretas e indiretas para todos os setores do município

De 17 a 19 de maio acontece a 14° edição da Expocampos, o maior evento realizada Administração Municipal em parceria com Câmara de Dirigentes Lojistas de Campos Novos, a Associação Empresarial, Rural e Cultural Camponovense e o Sindicato dos Produtores Rurais. Resgatado em 2017 pela gestão do atual prefeito Silvio Alexandre Zancanaro, o evento tem recebido um investimento maior a cada ano para a realização de melhorias no Parque de Exposição Leônidas Rupp e contratação de shows a atrações. No ano de 2018 os custos da Expocampos foram calculados em R$ 555 mil, sendo que R$ foram utilizados para a contração de shows e R$ 180 mil para estrutura. Em 2019 o valor total dos custos foi de R$ 855 mil no qual R$ 430 mil foram destinados as atrações artísticas. Para o prefeito Zancanaro todo investimento vale a pena em virtude do retorno que a Expocampos traz ao município.

Antes de 2017, a última vez que a Expocampos aconteceu foi em 2009, sendo que o valor investido para a realização do evento foi de apenas R$ 16 mil reais. Porém, atualmente a exposição tem ganhando um destaque que, segundo o prefeito, justifica o valor investido, e hoje ela tem um alcance e um significado maior dentro do estado de Santa Catarina. “A Expocampos foi retomada depois de 12 anos em um formato diferente. O município sem uma feira é um município que não possui uma identidade. Através deste evento nós fortalecemos a agricultura, pecuária, o comércio e a indústria local. Nós a reestabelecemos em 2017, melhoramos em 2018 e em 2019 preparamos uma estrutura melhor ainda em virtude dos resultados obtidos nos anos anteriores”, afirmou.

Zacanaro diz que a realização da feira traz benefícios de forma de direta e indireta para o município e faz um comparativo com os demais eventos estaduais sediados em Campos Novos. Na realização do Rodeio Estadual e no evento de Motocross o município recebeu uma quantidade significativa de visitantes, fato que refletiu no setor hoteleiro e no comercio local. De acordo com o prefeito o dinheiro que foi deixado no município foi superior ao investimento feito. A expectativa de um evento com o porte da Expocampos é trazer este mesmo retorno. Para este ano, há duas semanas da feira, cerca de 70% dos hotéis já estão reservados. “Os comerciantes de Campos Novos terão a oportunidade de colocar seus produtos em evidência, comercializando nos stands de comércio e na praça de alimentação, bem como na exposição da indústria”, ressaltou.

Na pecuária os resultados também se mostraram positivos. Foi destacado a visibilidade a nível nacional que a Expocampos traz ao município, agregando valor a pecuária da região que vem se sobressaindo e trazendo mais empresas para participar de maneira efetiva no setor. “A raça Angus este ano está sendo contada dentro do ranking nacional aonde os leiloes e os julgamentos das raças atingiram nível de excelência. Isso fortalece e fomenta o setor em campos Novos. O movimento pecuário é no mínimo três vezes o valor investido pelo poder público”, declarou. Analisando todos os aspectos envolvidos e a dimensão de cada um deles, o prefeito fala do seu desejo tornar a feira ainda maior. “Nós estamos evoluindo na arrecadação, todos os espaços estão sendo comercializados. Isso que fomenta toda a feira e a receita arrecadada tanto em patrocínio quanto em venda de stands. Há a possibilidade de tornarmos a feira cada vez maior”, diz. Além dos aspectos citados, ele também ressaltou que o evento proporciona uma oportunidade de lazer para a comunidade que poderá aproveitar os shows com aristas locais e nacionais.

Na próxima semana você confere a programação completa da Expocampos 2019.

É possível enxugar os gastos?

Há quem acredite que os investimentos para a realização da Expocampos sejam muitos altos e que esses valores podem ser enxugados, principalmente nas questões estruturais que envolvem pintura e reparos no Parque Leonidas Rupp, assim como preparação, locação de palco, equipamentos de som e tendas. Em 2018 foram gastos R$180 mil e em 2019 estima-se o valor de R$ 350 mil. Os gastos poderiam ser cortados?

“Quando alguém recebe uma visita em casa ela tenta deixar a casa mais organizada possível. O poder municipal tem que olhar dessa forma. Queremos proporcionar um ambiente que traga comodidade, beleza e receba bem as pessoas”, ponderou Zancanaro a respeito do que é feito para melhorar o ambiente da Expocampos. Para ele os valores usados não deveriam ser vistos como “gastos”, mas como investimentos. Quanto a aquisição de um palco e de tendas próprias para serem utilizados em eventos não seria viável economicamente. “A dimensão do que é movimentado na Expocampos mexe com todo o município, por isso todo investimento vale a pena”, conclui.

*Reportagem publicada no jornal “O Celeiro”, Edição 1576 de 02 de Maio de 2019.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *