Segunda-feira , 16 Setembro 2019
Home / Educação / Escola Gasparino Zorzi programa atividades inovadoras para 2019

Escola Gasparino Zorzi programa atividades inovadoras para 2019

Inovar, envolver e estimular os alunos é a proposta da direção da escola.

Moisés, Assessor da Escola e a diretora MarinêsA Escola Estadual Gasparino Zorzi é conhecida por realizar eventos de repercussão no município, como o projeto Retratando o Meio Ambiente que aconteceu durante 15 anos e teve o envolvimento de todos. Neste ano de 2019 a escola resolveu se dedicar a novos projetos. Estão na agenda da escola mais atividades programadas para acontecer no decorrer do próximo semestre. No mês de agosto deverá acontecer a Semana do Estudante, uma atividade que incluirá várias ações como a realização de uma Feira Literária de Troca de Livros, apresentação teatral de obras, e um dia dedicado à música. “Temos todas as ideias, e ainda vamos esquematizar e definir os detalhes de como tudo irá funcionar”, afirmou a diretora Marinês Martendal de Sá. Já no mês de setembro será realizada a Semana do Administrador que abordará o tema Tecnologia na Educação. Nesta programação os alunos do Ensino Médio Adm irão desenvolver um Workshop voltado para a área. Além destas atividades, a escola ainda pretende promover o 3° Encontro de Danças Gauchescas, que acontece bianualmente.

Uma dessas atividades aconteceu no último sábado (8) quando alunos, professores e colaboradores da Escola Gasparino Zorzi realizaram 3° Pastelada e a 1° Tarde Cultural. Os dois eventos fazem parte das atividades extras que a escola promove durante o ano para envolver os alunos. A verba angariada nas vendas de pastel será utilizada em prol de melhorias no ambiente escolar. A Tarde Cultural teve como objetivo despertar e descobrir os talentos que se encontram entre os alunos. Todos os envolvidos se empenharam em convidar e vender o maior número possível de fichinhas para comercialização dos pasteis. A diretora comentou a importância do evento e afirmou que “o foco da pastelada é a melhora do ambiente”. Quanto a Tarde Cultural, a diretora esclarece que foi idealizada como meio de descobrir e incentivar as aptidões dos alunos na música. O evento foi aberto ao público aonde cerca de 25 alunos da escola se apresentaram.

A diretora Marinês falou sobre a importância dessas atividades extras para somar ao aprendizado dos alunos. Para ela os alunos precisam estar em constante movimento para que se desenvolvam de forma completa. “Temos que mostrar que o ser humano é dinâmico, ele não pode parar. Cada dia é um desafio, eles já têm que pensar no amanhã. Precisam crescer enquanto ser humano. Eles precisam ser desafiados, porque será maior o crescimento e desenvolvimento deles”, ressaltou. A escola conta com a parceria de várias instituições que dão suporte para várias atividades de estimulo aos alunos. A Unoesc, Fiesc, Yesbras, Prefeitura de Campos Novos, Sicoob, Enercan, Copercampos são algumas entidades que atuam junto a escola.

A Unidade Escolar Gasparino Zorzi atende as séries do primário até o 3° anos do ensino médio e conta com cerca de 700 alunos e 49 professores. Os alunos que concluem o ensino fundamental podem optar pelo ensino médio na modalidade Inovadora ou Técnico em Administração, os dois são em tempo integral. O inovador é focado na preparação para o Enem e o Técnico focado na preparação para o mercado de trabalho. Para este ano a unidade também irá reformular e reestruturar a Biblioteca e o Laboratório de Informática, que ficou desativado há algum tempo. A Escola já passou por uma reforma, mas ainda existem esses dois pontos a serem melhorados.

*Reportagem publicada no jornal “O Celeiro”, Edição 1582 de 13 de junho de 2019.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *