Quarta-feira , 21 Agosto 2019
Home / Política / Governo vai liberar R$ 200 milhões para obras de infraestrutura

Governo vai liberar R$ 200 milhões para obras de infraestrutura

Sem poder realizar financiamento, governo utilizará recursos próprios. ‘Na medida em que o Estado tenha recurso, a gente avança em outras obras’, disse Moisés

O governador Carlos Moisés da Silva anunciou na manhã desta segunda-feira (10) um pacote de obras para o setor de infraestrutura de cerca de R$ 200 milhões. O investimento contempla seis obras em todas as regiões de Santa Catarina. O governo divulgou apenas duas delas.

Na Grande Florianópolis, as obras acontecem na SC-401, que liga o Norte da Ilha ao Centro. Serão mais de R$ 30 milhões investidos em um trecho de 12 km, entre o bairro Itacorubi e o bairro Ratones. Segundo a secretaria de Infraestrutura, as obras devem acontecer à noite, para não atrapalhar o fluxo, e devem ficar prontas entre 18 e 24 meses. Serão realizados alargamentos da pista, troca de guard-rails, entre outras melhorias.

No Oeste, o investimento é no trecho entre a BR-282 e a SC-283, em Chapecó. Serão 11,4 km renovados que devem desafogar o trânsito no Centro da cidade, com valor estimado em R$ 25 milhões. Segundo o governo, o cronograma das obras vai ser definido pela Prefeitura, já que a rodovia é municipal.

As outras quatro obras não foram anunciadas, mas Moisés garante que todas as regiões serão contempladas e com investimentos de porte semelhante. Ao longo das próximas semanas ele deve revelar os novos investimentos em visitas ao interior do Estado. Os recursos não fazem parte do montante destinado à manutenção de rodovias.

“A ideia é que a gente possa promover, através da infraestrutura do Estado, o desenvolvimento. Essas obras vão ser anunciadas quando a gente visitar cada região”, disse Moisés. Segundo ele, o governo escolheu os investimentos prioritários, que devem gerar maior impacto regional.

O problema para ampliar os investimentos é a falta de recurso. “Eu digo que a gente tem os pés no chão porque a gente está trabalhando com propostas de recursos próprios. O governo não está trabalhando com verbas de financiamento”, afirmou. O governo não tem autorização da Secretaria do Tesouro Nacional para contratar recursos porque tem avaliação negativa sobre suas finanças.

“Esse é apenas um sinal da vontade do governo em o que investir: obras que de fato são estruturantes e melhoram a vida e condição de trabalho daqueles que investem em Santa Catarina. Na medida em que o Estado tenha recurso, a gente avança em outras obras”, concluiu.

Por: Murici Balbinot

*Informações: Rede Catarinense de Notícias

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *