Domingo , 16 Junho 2019
Home / Saúde / Laser Terapia na odontologia promove menos dor e melhora cicatrização

Laser Terapia na odontologia promove menos dor e melhora cicatrização

Tratamento avançado tem sido uma tendência para melhorar qualidade de vida das pessoas

Realizar algum procedimento odontológico quase sempre deixa algumas sequelas que são sentidas durante dias, como dor e sensibilidade. Porém, atualmente é possível diminuir significativamente esse incômodo por meio da Laser Terapia. O que é Laser Terapia? É um tratamento de irradiação através de luz que age estimulando o tecido a se regenerar mais rápido. O uso deste tratamento tem se tornado comum na odontologia e medicina. Ao finalizar um procedimento dentário, o paciente pode optar pelo tratamento a laser. As aplicações variam de acordo com as necessidades de cada paciente, em alguns casos uma única aplicação já é suficiente, em outros casos pode ser necessária mais aplicações. Com aplicação da radiação o paciente não sentirá o incomodo pós procedimento. Por meio desta terapia, além do alivio da dor, é possível também reduzir o inchaço local, acelerar o tempo de reparação e descontaminar os canais dentários.

Lea DallanoraEm Campos Novos, a Clínica Dallanora disponibiliza o tratamento a laser. A odontóloga Lea Dallanora, proprietária da clínica, explica de que forma a terapia pode ser util. “Na odontologia estamos usando a terapia do laser para ajudar na cicatrização e na dor. Ao fazer algum procedimento dentário, utilizamos o tratamento com laser para propiciar uma regeneração e cicatrização mais rápida. Pessoas que tem muita dor nos dentes podem diminuir a dor com o uso do laser”, afirma. A Laser Terapia já é utilizada há mais de dez anos, mas atualmente tem se popularizado e seu uso tem sido mais abrangente. Dores na articulação, herpes, aftas e lesões traumáticas são alguns dos problemas que podem ser tratados com a terapia. Sua ação é eficaz pois o laser age a nível celular, penetrando profundamente ativando a célula para que ela regenere o tecido rapidamente através do comprimento de luz. O tratamento só é contraindicado para pacientes que possuem doenças que não podem sofrer radiação.

A terapia a laser deve ser prescrita apenas por um profissional da área da saúde. Dra. Lea conta que os resultados são impressionantes e refletem na qualidade de vida das pessoas. “Esta é uma gama de tratamento fantástico, são muitos os benefícios. Mas deve ser usado de maneira correta e por indicação de um profissional habilitado. Não é recomendado o uso indiscriminado”, alertou. Os tratamentos inovadores ofertados na clínica são frutos de sua dedicação e atualização para melhor atender os pacientes. Ela constantemente participa de eventos para aumentar em conhecimento sobre as principais tendências na área da odontologia. “Estive recentemente em São Paulo, e já estou me preparando para mais um congresso em junho, em Londrina. Estou sempre fazendo cursos. Temos que estar sempre nos atualizando e revolucionando. Eu não paro de estudar”, destacou.

Além de atender em sua clínica em Campos Novos, Dra. Lea também atua como professora na Unoesc Joaçaba. Na Universidade ela participa do projeto Terapêutico de Laser na oncologia, aonde é oferecido gratuitamente a terapia para pacientes com câncer, que devido ao uso de remédios podem apresentar muitas feridas na boca. “Estamos trabalhando com um projeto na Unoesc Joaçaba, no qual fazemos a aplicação do laser nesses casos, pois possibilita uma cicatrização mais rápida e previne a presença de aftas, e isso melhora a qualidade de vida dessas pessoas”, disse. São quatro professores que fazem parte do projeto que acontece no Hospital Santa Terezinha. O aparelho de laser utilizado no projeto foi uma doação do Lions Clube de Joaçaba.

*Reportagem publicada no jornal “O Celeiro”, Edição 1580 de 30 de Maio de 2019.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *