Sexta-feira , 18 Outubro 2019
Home / Saúde / Hospital Dr. José Athanázio será referência para macrorregião em cirurgias oftalmológicas

Hospital Dr. José Athanázio será referência para macrorregião em cirurgias oftalmológicas

Nos dias 14, 15 e 16 de agosto, o Hospital Dr. José Athanázio realizará o primeiro mutirão das cirurgias de cataratas e atenderá 160 pacientes de 75 municípios da macrorregião de Caçador, Videira e Joaçaba. Campos Novos, que antes mandava para fora seus pacientes, agora começa a se tornar um polo referencial. Essa grande mudança só foi possível graças a gestão compartilhada da Fundação Hospitalar, entre Administração Municipal e o Instituto Maria Schmitt-IMAS, que há pouco mais de 100 dias está administrando o Hospital.

O presidente do IMAS, Robson Schmitt, reforçou que neste período outras mudanças e melhorias foram realizadas, trabalhando para a profissionalização do hospital e dos processos. “Começamos com pequenas atitudes que proporcionam qualidade, como controle de lavanderia, de materiais e medicamentos, controles de estoque, protocolos de saúde e segurança do paciente, protocolos de segurança de cirurgias. Hoje somos resolutivos para as regiões e para Campos Novos. Somos um pouco mais viáveis economicamente, estamos buscando recursos, adequação em planos nacionais de saúde, estaduais e trazendo conhecimento das nossas outras unidades”, explicou.

A Fundação Hospitalar também está se tornando referência nas cirurgias gerais e de ortopedia. Em março, o Município realizou aproximadamente 50 cirurgias. Em abril o número passou para 141, em maio 180, junho 164 e julho 200. “Acreditamos que nos próximos meses o nosso Hospital realizará aproximadamente 700 cirurgias por mês, pois atenderemos também a região da Amures, além dos nossos pacientes locais. Participamos de uma reunião na com a Comissão Intergestores Regional – CIR e foram unânimes em falar que o Hospital de Campos Novos está se destacando na prestação dos serviços”, pontuou.

Sobre a reforma da Ala do SUS, o Presidente foi enfático em afirmar que em breve “teremos a melhor Ala SUS de Santa Catarina. Estamos trabalhando na organização da nossa casa e resgatando a credibilidade da nossa comunidade. Com a implantação da UTI também teremos um salto muito grande no que se refere a complexidade. Essa gestão compartilhada, onde temos o apoio da Prefeitura e a nossa experiência em administração tem nos proporcionado possibilidades para a regionalização do Hospital”, disse.

A Fundação conta atualmente com uma nova autoclave e um novo carrinho de anestesia, que proporciona mais segurança nos procedimentos. Além disso, os avanços contemplam a aquisição de novos uniformes para os funcionários e a terceirização da lavanderia, que além de todo o enxoval do Hospital ter sido trocado, ainda proporcionou a economia, passando de R$ 6,50 para R$ 4,37 o KG de roupa lavada.

A partir de setembro, o hospital será um centro de educação, pois receberá 80 alunos de uma Universidade de São Paulo, que virão fazer residência em Campos Novos. “Os alunos agregarão bastante nos nossos serviços e eles têm muito para acrescentar. A Universidade dará uma contrapartida para o Hospital para que possamos agregar melhorias e com isso podermos proporcionar melhor atendimento à população”, explicou.

*Informações: Comunicação/PMCN

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *