Quarta-feira , 18 Setembro 2019
Home / Opinião / Colunistas / Coluna de Moda / Closet cápsula sem mistério

Closet cápsula sem mistério

Ana Kantivick

Hello garotas, na dica desta semana um tema super atual, o closet cápsula.

Quem nunca abriu o armário e ficou totalmente perdida? Quem nunca experimentou trinta roupas e não conseguiu fazer nenhuma combinação ideal? Isso acontece não por não ter opções de escolha, mas ao contrário, por termos muitas opções e estas não “conversarem” entre si.

Há uma montagem de closet que pode facilitar estas escolhas e hoje você vai aprender como conseguir isso em alguns passos simples.

Apesar de parecer algo super novo, este conceito nasceu na década de 70 e consiste basicamente em montar um guarda-roupa minimalista que se encaixe com facilidade em suas necessidades. O primeiro ponto sobre esta técnica é que a escolha em quantidade será muito mais limitada do que em outro estilo de montagem e focaremos na qualidade e adequação de cores.

Para começar, faça uma análise nas peças que você possui e pense naquelas que você mais usou no último ano, procurando por padrões de cor e tecidos (coisas que te agradam ou não). Esta será então, nossa base de montagem. A partir dai, escolha as peças com mais neutralidade possível, com poucas estampas e em cores mais sóbrias, que possibilitem maiores combinações entre si, sem deixar de levar em conta sua personalidde, sua rotina e atividades desenvolvidas.

A principal dica para facilitar este processo é começar e manter-se pelo menos no inicio em uma paleta de cores única, assim, mesmo peças mais estampadas terão combinações mais efetivas. Por exemplo, branco, cinza e azul, que estão na mesma paleta e proporcionam um visual harmônico e adequado para qualquer situação e evento. Na escolha de calçados e acessórios em geral, opte por cores neutras, qualidade e conforto. Lembre-se que aqui o ponto central não é quantidade de peças, mas as escolhas.

Ainda, mantenha uma maior quantidade de peças “superiores” do que inferiores, pois é a parte de cima que visualmente mais aparece. Na parte de baixo, peças mais neutras, com maior durabilidade e pouca estampa são as escolhas ideiais.

O maior benefício trazido por esta mudança é o da sofisticação e elegância, mas é importante saber que esta escolha gera economia, facilidade nas escolhas e ainda é sustentável, mas este é um assunto para a próxima semana. Até lá!

Por: Ana Kantivick

Contatos em redes sociais:
Instagram: @anakantovick
Facebook: Ana Kantovick
Site: anakantovick.wordpress.com – (49) 998238633

*”Coluna de Moda” publicada no jornal “O Celeiro”, edição 1594 de 05 de setembro de 2019.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *