Quinta-feira , 14 Novembro 2019
Home / Opinião / Colunistas / Você sabe lidar com as críticas?

Você sabe lidar com as críticas?

Simone Manfroi

Quem nunca foi chamado de preguiçoso, idiota?

Quem nunca foi comparado a alguém próximo, onde diz que fulano é mais inteligente ou ciclano sabe fazer melhor que você?

Ou ainda apontando os pontos fracos e deixando de lado os pontos fortes?

Esse tipo de crítica quando é feito na infância ou adolescência e por alguém que está ligado de alguma maneira ao nosso desenvolvimento social, sejam eles os pais, tios, primos e amigos, tem uma carga importante no desenvolvimento da autoestima, pois esses são os que seguimos como exemplos ou modelos e temos ainda a necessidade de sua aprovação.

Na grande maioria das vezes esse tipo de observação vem por impulso e a pessoa que a faz desconhece, ou pelo menos naquele momento, não percebe a gravidade de sua manifestação. O que precisamos entender que mesmo que seja difícil ouvir a repreensão, existe a intenção positiva, a grande maioria das pessoas desconhece outras maneiras de incentivar, pensam que ao fazer comparações ou críticas está motivando o indivíduo a buscar ser melhor, a realidade é bem diferente, o resultado é o oposto do desejado, ou seja, a pessoa tem a tendência a levar como uma fraqueza sua e isto faz com que destrua sua autoestima e que se sinta realmente incapaz.

Quantas pessoas deixam de tomar decisões importantes ou nem buscam seus objetivos e sonhos por desacreditarem na sua capacidade e potencial? Desistem antes mesmo de começar.

Com o passar do tempo aprendemos a nos “defender” das críticas, sem perceber a intenção positiva. Por exemplo: no trabalho, o seu chefe faz um comentário em relação a uma tarefa que lhe foi designada que, para ele, ficou a desejar em algum aspecto. Como você reage a isso? Fica nervoso? Deixa pra lá como se não tivesse importância? Coloca-se na posição de vítima?

E como seria se, por um breve momento, se colocasse no lugar de uma terceira pessoa, um observador da cena ou situação em questão?

Ao colocar-se como um espectador, olhando para o seu chefe, a posição que ele se encontra como gestor, seus comprometimentos, metas a serem alcançadas e como ele te vê enquanto colaborador. E no mesmo instante observando-se de fora, fez o seu melhor? Cumpriu com o combinado? O que você sentiria? Estaria ele sendo justo ao te criticar? Certamente você teria outra visão do que estava acontecendo, poderia dizer com exatidão a real intenção de quem fez a crítica e, com isso, saber se era válida ou não.

Assim acontece em todos os lugares e situações, sejam no trabalho, em casa, com os amigos. As críticas existem e saber lidar com elas de forma consciente nos faz melhorar, pois a partir do momento que me conheço e conheço a intenção do outro me fortaleço e melhoro minha comunicação intrapessoal e interpessoal.

Por: Simone Manfroi
Coach, Consteladora e Training
Fone: (49) 3544.0043

*”Coluna Evoluir”, publicada no jornal “O Celeiro”, Edição 1601 de 24 de Outubro de 2019.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *