Sábado , 25 Janeiro 2020
Home / Empresarial / Dipar é uma excelente opção para compra de Material Escolar

Dipar é uma excelente opção para compra de Material Escolar

Reconhecida como a principal e mais tradicional papelaria de Campos Novos a Dipar, iniciou esta semana a venda de material escolar.

Qualidade, comodidade, bons preços e ótimas formas de pagamento é o que espera os pais que forem até a Dipar nesta semana. A loja recebeu uma gama completa de toda linha de material escolar, muitas novidades tanto para os pais que querem cadernos e canetas personalizados com personagens de filmes e desenhos quanto para aqueles que querem adquirir um material mais ‘Básico’, mas com qualidade.

Segundo a proprietária Aldete, o material escolar é um investimento para os alunos, “Muitos pais estão correndo esta semana, até por que daqui há alguns dias as aulas começam. Aqui na Dipar nós temos muitas opções de material escolar, papelaria e também mochilas. O diferencial é que este ano  estamos facilitando o pagamento para que não fique ‘pesado’ no bolso dos pais. Aqui temos o material escolar parcelando em até 10x sem juros no cartão e em até 5x no crediário o que dá uma ‘folga’ para os pais possam comprar conscientes e ainda economizem.

Alguns cuidados na compra

1) A escola não pode exigir a aquisição de uma determinada marca, loja e nem mesmo que o material seja comprado na escola.

2) Faça um balanço do que restou do período anterior verificando a possibilidade de reaproveitamento.

3) Leia com atenção a lista que a escola pede. Veja se a quantidade é realmente adequada ou se a escola está pedindo algo fora do normal. Em caso de dúvidas, questione a direção.

4) Não é preciso comprar todo material escolar no início do ano. Os pais podem combinar com a escola e adquirir apenas os produtos a ser utilizados no 1º semestre.

5) Para economizar, é preciso pesquisar os preços. Percorrer papelarias, depósitos, lojas de departamento, sites e supermercados.

6) Organize grupos de pais que, juntos, poderão discutir a possibilidade com os fornecedores de descontos ainda maiores.

7) Procure comprar somente o necessário, levando em consideração as taxas de juros, nos pagamentos a prazo.

8) Exija sempre a nota fiscal com os artigos discriminados. Recuse quando for relacionado apenas o código do produto pois dificultará sua identificação .

9) Fique de olho nas embalagens de materiais como colas, tintas, pincéis atômicos, fita adesiva que deve conter informações claras e precisas a respeito do fabricante, origem, instruções de uso, grau de toxidade, tudo em língua portuguesa.

10) Exija da escola a disponibilização de duas ou três empresas para fornecimento do uniforme, que só pode pedir padronagem de cores, modelo e logotipo da escola. A definição do tecido e a opção de contratar uma costureira particular para o trabalho, deve ser dada aos pais, inclusive com o fornecimento da logomarca para impressão.

 CUIDADOS COM ABUSOS

1) A escola só pode exigir material didático de uso individual. É proibido a solicitação por parte das escolas de materiais de uso coletivo (giz, pincéis para quadro branco, por exemplo), material de higiene (incluindo papel higiênico, material de limpeza, álcool) ou taxas para suprir despesas com água, luz e telefone, pois todos estes custos já estão incluídos no cálculo da mensalidade.

 ATENÇÃO REDOBRADA

1) Exija e guarde as notas fiscais dos produtos comprados.

2) Havendo problemas com cadernos, livros, mochilas e outras mercadorias, mesmo que sejam produtos importados, o consumidor tem seus direitos resguardados pelo Código de Defesa do Consumidor.

3) Não perca os prazos para reclamar : 30 dias para produtos não duráveis e 90 dias para os duráveis.

4) Após a reclamação e não havendo solução para o problema em 30 dias, o consumidor tem 5 anos para recorrer ao Judiciário e buscar as indenizações cabíveis.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *